Ad

O SENHOR HABITAÇÃO. ROMEU CHAP CHAP

Por Sebastião Misiara*

                           Os árabes costumam dizer, no mais alto de suas expressões filosóficas, que a melhor maneira de observar o desenvolvimento é subir no prédio mais alto e observar se existem telhados novos. Se estiverem sob nossos olhos, então há progresso e desenvolvimento.

Muito oportuno trazer aquia luta de um homem, nascido sob o sangue libanês, que passou grande parte de sua vida  na busca de um projeto para que cada brasileiro tivesse uma moradia digna.

De longa data firmei a convicção de que os homens valem por suas virtudes, todaviaa mais valiosa delas, é a coragem.

ROMEU CHAP CHAP

Graças a ela, não se acomodou, na resistência cômoda dos gabinetes. Foi a campo e fez valer, pela coragem que é seu apanágio, a convicção de que o governo devesse entender como prioridade absoluta a construção de casas para brasileiros de baixíssima renda.

Incansável trabalhador mereceu vários prêmios, a partir de seu ingresso em entidades de construção da dignidade. Em 1970 começou na Fecomércio. Em 1981 elegeu-se presidente do Secovi. Fez dessa entidade a medalha do associativismo. Suas ações levaram-lhe a ser convidado para palestras no exterior e o foco foi a oportunidade dos negócios imobiliários no mercado nacional.

O homem forte revela-se pelo que é, pelo vigor com que age pela maneira decidida como usa suas próprias faculdades, o que o leva a destacar-se do grupo e a assumir posição de liderança. O Senhor Habitação é um nome consagrado pela história na construção e fora dela. Felizmente viu nascer continuadores que hoje brilham na mesma luta, na mesma caminhada na busca incessante de fazer sorrir, com a moradia própria, os que não são contabilizados pela justiça social. Podemos saudar a todos na expressiva figura de Flávio Amari, cujo DNA é herdado do administrador que transformou Sorocaba, o sempre prefeito Renato Amari.

Uma grande vida – como assinala o poeta francês Alfred  de Vigny – é um ideal de juventude realizado na idade madura. Romeu Chap Chap ainda continua como um homem forte combatendo o déficit habitacional.

O exemplo do Senhor Habitação é seguido e  suas ações, pensamentos e coragem continuam inspirando gerações que atuam no mercado imobiliário e poderá fazer, um dia, triunfar a moradia para todos.

*Sebastião Misiara é presidente da UVESP

Ad
Ad